Repositório Digital

A- A A+

Relações entre design educacional, atividade e ensino de português como língua adicional em ambientes digitais

.

Relações entre design educacional, atividade e ensino de português como língua adicional em ambientes digitais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relações entre design educacional, atividade e ensino de português como língua adicional em ambientes digitais
Autor Bulla, Gabriela da Silva
Orientador Schlatter, Margarete
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Ambiente educacional
Ambiente virtual de aprendizagem
Design
Ensino e aprendizagem
Leitura e escrita
Língua adicional
Língua portuguesa
Lingüística aplicada
Sociolingüística
Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)
[en] Activity
[en] Collaboration
[en] Computer-mediated interaction
[en] Educational design
[en] Portuguese as an additional language
[en] Task
Resumo A base teórica de um curso online de língua adicional, bem como sua metodologia de ensino, seus materiais didáticos, ambientes virtuais e ferramentas online, são geralmente definidos e criados antes do início do curso ou da realização de atividades durante o curso. Quando o curso inicia, professores e alunos são inevitavelmente impelidos a lidar com tarefas pedagógicas e espaços virtuais criados ou escolhidos previamente, podendo ocasionar tensões de diferentes naturezas entre o design do curso, o andamento do curso e os seus participantes. A presente pesquisa tem como objetivos (a) analisar imbricamentos entre o design de um curso online e as atividades realizadas durante o curso e (b) analisar modos locais de atualização dos conceitos de participação colaborativa e gênero do discurso tanto no design quanto nas atividades pedagógicas realizadas em um curso a distância. Para tal, analisamos dados gerados nas duas primeiras edições (oferecidas em 2011) do CEPI-Português/UFRGS, um curso online de Português como Língua Adicional (PLA) desenhado especificamente para intercambistas que estudarão na UFRGS, e realizado via internet por aproximadamente 8 semanas, antes de os estudantes viajarem para Porto Alegre. As análises destacam a natureza descritiva de tarefas como planos, instruções para ações situadas, como objetos discursivos em relação aos quais os participantes são convidados a agir responsivamente pela realização de atividades situadas. Além disso, destaca a fragilidade de se pressupor, como professor, uma cognição socialmente compartilhada sobre (a) as tarefas e (b) o construto teórico subjacente ao curso e aos métodos de ensino. Ao final, levantamos implicações para a formação de professores de línguas adicionais no que tange à elaboração de tarefas pedagógicas e ao empreendimento de práticas pedagógicas para ensino de línguas adicionais em ambientes digitais.
Abstract The theoretical basis of an online additional language course and its teaching methodology, learning materials, virtual environments and tools are generally conceived or chosen before the course starts or previous to the course ongoing activities. When the course starts, teachers and students are compelled to deal with pedagogical tasks and virtual spaces created or chosen beforehand, which may cause different tensions among the course design, its development, and the participants. This research aims at (a) examining interconnections between the design of an online course and the activities undertaken during the course and (b) analyzing how the concepts of collaborative participation and discourse genres are locally put into action in both course design and in the pedagogical activities performed throughout the online course. We analyzed data generated in the first two editions (offered in 2011) of CEPI-Portuguese/UFRGS, an online Portuguese as an Additional Language (PLA) course designed specifically for exchange students who will study at the Federal University of Rio Grande do Sul (Porto Alegre, Brazil), and taught via internet during approximately eight weeks, prior to their traveling to Porto Alegre. The analyzes highlight the descriptive nature of pedagogical tasks as plans, instructions for situated actions, as discursive objects to which participants are asked to respond through their participation in situated activities. The analyzes also emphasize the problem of assuming a socially shared cognition about (a) the pedagogical tasks and (b) the theoretical construct that underlies the course and the teaching methods. We present implications for teacher education concerning task design and the development of teaching practices specifically for additional language teaching in digital environments.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/103870
Arquivos Descrição Formato
000921707.pdf (6.882Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.