Repositório Digital

A- A A+

Discursos curriculares sobre educação matemática para surdos

.

Discursos curriculares sobre educação matemática para surdos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Discursos curriculares sobre educação matemática para surdos
Autor Alberton, Bruna Fagundes Antunes
Orientador Thoma, Adriana da Silva
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Discurso
Estudos culturais
Identidade
Língua Brasileira de Sinais
Matemática
[en] Brazilian sign language
[en] Cultural studies
[en] Deaf identities
[en] Discourse
[en] Mathematical education for the deaf
Resumo Esta pesquisa analisa os discursos sobre Educação Matemática e como eles constituem as práticas desenvolvidas neste campo de conhecimento na educação de surdos em documentos como os Parâmetros Nacionais Curriculares, Projetos Político-Pedagógicos e Planos de Estudos de escolas de surdos localizadas em Porto Alegre/RS. Tenho como objetivos específicos desta pesquisa: a) analisar os Parâmetros Curriculares Nacionais, nos anos finais do ensino fundamental de Matemática e b) analisar os discursos sobre Educação Matemática em documentos escolares, como os Projetos Político-Pedagógicos e Planos de Estudos para o ensino de Matemática nas escolas investigadas. Lanço um olhar sobre a Etnomatemática a partir do pensamento de D´Ambrosio (2013), que destaca que os conhecimentos matemáticos devem ser vinculados aos grupos sociais e culturais. Elegi como ferramenta teóricometodológica a noção de discurso, segundo Michel Foucault, para quem discursos produzem práticas. Também dialogo com outros autores como Viana e Barreto (2014), Borges e Nogueira (2013) e Knijnik (2014), para pensar sobre Educação Matemática, com Hall (2000) e Strobel (2008), por tratarem de identidades e cultura, e com Costa (2011), entre outros, para pensar sobre currículo, cultura e poder. Foram analisados projetos de três escolas para surdos; as escolas foram nomeadas pelos símbolos à matemáticos α (alfa), β (beta) e γ (gama), observando a ordem em que foram aceitando participar da pesquisa. As três escolas trabalham com educação bilíngue e atendem, especificamente, alunos surdos, respeitando e valorizando as identidades e cultura surda na comunidade escolar. Os Projetos Político-Pedagógicos das escolas analisadas apresentam metodologia centrada na língua de sinais, e, a partir dela, todos os conteúdos são trabalhados priorizando as práticas visuais. Pela leitura e releitura dos materiais, construí três agrupamentos temáticos: a) Matemática para a Cidadania: nessa unidade, apresento excertos dos materiais nos quais são recorrentes enunciados que a escola já trabalha: “conhecimentos socialmente elaborados e reconhecidos como necessários ao exercício da cidadania”; b) Conteúdos Curriculares da área da Matemática: aqui, são apresentados excertos que colocam que a escola trabalha com “conteúdos dentro de contextos sociais e culturais, onde os alunos possam desenvolver as habilidades matemáticas, como contar, calcular e interpretar nas questões sociais”; c) Metodologias, Recursos e Processos de Avaliação: nessa terceira unidade, os excertos colocam que “as metodologias, recursos e avaliação estão articulados com as questões culturais e centrados na Língua Brasileira de Sinais” e “em questões culturais para que os alunos possam desenvolver habilidades de calcular e apropriar-se dos conhecimentos matemáticos”.
Abstract This research analyzes discourses about mathematical education and the way in which they constitute the practices developed in this field of knowledge in deaf education as seen in documents such as the National Curriculum Guidelines, Political Pedagogical Projects and Study Plans of deaf schools in Porto Alegre/RS. The specific objectives of this research are: a) to analyze the National Curriculum Guidelines for Mathematics in the final grades of basic education, and b) to analyze discourses about mathematical education in school documents, such as Political-Pedagogical Projects and Study Plans for Mathematics teaching in the investigated schools. Ethnomathematics is seen from D’Ambrosio’s perspective (2013), which highlights that mathematical knowledges should be linked to social and cultural groups. Michel Foucault’s notion of discourse has been chosen as a theoreticalmethodological tool. According to Foucault, discourses produce practices. Other authors have also been considered, such as Viana and Barreto (2014), and Borges and Nogueira (2013) and Knijnik (2014), in order to think about mathematical education; Hall (2000) and Strobel (2008), who addressed identities and culture; and Costa (2011), among others, to think about curriculum, culture and power. The projects of three deaf schools were analyzed; the schools were assigned mathematical symbols to be identified as: α (alpha), β (beta) and γ (gamma), considering the order in which they accepted to participate in the survey. The three schools work with bilingual education and specifically assist deaf students, respecting and praising the deaf identities and culture in the school community. The methodology of the Political Pedagogical Projects of the analyzed schools is centered on sign language, and all the contents are worked with a focus on visual practices. From the repeated reading of the materials, three thematic groups were constructed: a) Mathematics for Citizenship: this unit presents excerpts from the materials stating that schools should work with “knowledges that are socially produced and acknowledged as necessary for exercising citizenship”; b) Curriculum Contents in Mathematics: the unit presents excerpts stating that schools should work with “contents within social and cultural contexts in which the students can develop mathematical skills, such as counting, calculating and interpreting social issues”; c) Methodologies, Resources and Evaluation Processes: the third unit presents excerpts stating that “methodologies, resources and evaluation should be articulated with cultural issues and centered on the Brazilian Sign Language” as well as on “cultural issues for the students to be able to develop calculation skills and appropriate mathematical knowledges”.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/115736
Arquivos Descrição Formato
000964667.pdf (2.463Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.