Repositório Digital

A- A A+

Alfaiataria e feminilidade : representações de gênero na revista Elle Brasil

.

Alfaiataria e feminilidade : representações de gênero na revista Elle Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Alfaiataria e feminilidade : representações de gênero na revista Elle Brasil
Autor Maciel, Daisy
Orientador Soares, Rosângela de Fátima Rodrigues
Data 2009
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Educação, Sexualidade e Relações de Gênero.
Assunto Feminilidade
Identidade
Pedagogia cultural
Poder
[en] Cultural pedagogies
[en] ELLE magazine
[en] Femininity
[en] Gender
[en] Power
Resumo Este trabalho analisa as representações de feminilidades nas 12 edições da revista ELLE em 2008. Como referencial teórico foram utilizadas as contribuições dos Estudos Culturais e de Gênero, em aproximação com a perspectiva pós-estruturalista. As imagens escolhidas para a pesquisa, destacaram-se por associarem as possíveis feminilidades com os conceitos analíticos. As identidades de gênero e sexualidades presentes na mídia posicionaram-se de maneira a possibilitar tais escolhas. Gênero aqui é entendido como os possíveis modos de ser mulher e de ser homem; as diversas possibilidades de vivências de feminilidades e masculinidades, que são mutáveis em seus aspectos sociais e culturais. Aqui mídia é entendida como uma pedagogia cultural que ajuda a instituir verdades e produzir subjetividades, ensinando maneiras de ser mulher. Procurei observar a linguagem nas revistas de moda para pensar na construção de feminilidades e também nas relações sociais entre mulheres e homens. . O registro das representações do vestuário e o processo de construção de feminilidades e masculinidades se apresentaram como indissociáveis. A inserção em um consumismo fácil, descartável e ao mesmo tempo inesgotável é recorrente e surge como um apelo quase “impossível” de ser rejeitado pelas leitoras. A atenção em relação às roupas e ao cuidado de si se produz como uma prática de construção do feminino desde a infância. A revista ELLE dispõe da heterossexualidade como uma prática naturalizada, que é considerada como normal. Os temas evidenciados nas revistas analisadas estimulam o cosumo e enfatizam a fixidez dos gêneros.
Abstract This study analyze the representations of femininity in the 12 editions of ELLE magazine in 2008. As theoretical contribution were used for Cultural Studies and Gender on approach to post-structuralist perspective. The images chosen for the survey, stood out by associate the possible femininities whit analytic concepts. Gender is understood here as the possible ways of being a woman or a man, the various possibilities of experiences of femininity and masculinity, which are changeable in their social and cultural aspects. Here the media is seen as a cultural pedagogy that helps to establish truth and produce subjectivities, teaching ways to be a woman. I tried to observe the evolution of language in fashion magazines to think about the construction of femininity and also in social relations between women and men. The record of the representations of the clothing and the construction of femininity and masculinity are presented as inseparable. The insertion in one easy consumerism, disposable while the applicant is inexhaustible and comes as a call almost “impossible” to be rejected by readers. Attention in relation to clothing and care of itself is produced as a practical construction of the female since childhood. ELLE magazine has heterosexuality as a practice naturalized, which is considered normal. The themes highlighted in the magazines analyzed stimulate consumming and emphasize the fixedness gender.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/22517
Arquivos Descrição Formato
000738771.pdf (2.986Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.