Repositório Digital

A- A A+

A propaganda de medicamentos em escola de medicina do Sul do Brasil

.

A propaganda de medicamentos em escola de medicina do Sul do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A propaganda de medicamentos em escola de medicina do Sul do Brasil
Outro título Drug advertisement in a medicine school in the Southern of Brazil
Autor Trevisol, Daisson José
Ferreira, Maria Beatriz Cardoso
Karnopp, Zuleica Maria Patrício
Resumo Este trabalho apresenta um estudo qualiquantitativo sobre propaganda de medicamentos em escola de medicina do Sul do Brasil. Participaram da pesquisa estudantes de medicina, professores médicos e pacientes dos ambulatórios da escola, totalizando 1.231 entrevistas. A pesquisa qualitativa foi realizada por meio de técnica de grupo focal, e a quantitativa pela aplicação de questionário. Entre os professores médicos, 53,6% consideraram que nunca ou raramente são influenciados pela indústria farmacêutica, e 53,7% afirmaram acreditar que os colegas profissionais o são. Entre os estudantes, 43,2% acreditam que, no futuro, como médicos graduados, raramente ou nunca serão influenciados, mas 42,0% acreditam que os médicos são sempre ou frequentemente influenciados. Para 41,7% deles, as informações dos representantes da indústria farmacêutica são boas ou ótimas; 74,8% relataram que a indústria farmacêutica poderá contribuir para sua prática profissional. A distribuição de brindes e amostras grátis está entre as principais técnicas de abordagem. Há pressão do preceptor na escolha do medicamento a ser prescrito, e apesar de não ter sido observada repercussão direta da influência da indústria farmacêutica nos ambulatórios da escola, a forma como se escolhem os medicamentos a serem prescritos não é, de modo geral, racional.
Abstract This is a quali-quantitative study on drug advertisement in a Medicine school in Santa Catarina state. Participants were medicine students, faculty physicians and patients of school ambulatories, totaling 1,231 interviewees. The focal group technique was used to the qualitative research; the quantitative research with a semistructured questionnaire. 53.6% of the faculty physicians considered they were rarely or never influenced by the propaganda, and 53.7% claimed their colleagues are. Among the students, 43.2% believe that, after graduated, they will rarely or never be influenced; while 42.0% believe that graduated are always or frequently influenced. For 41.7%, the information given by the representatives of the pharmaceutical industry is good or excellent. Also, 74.8% reported that the pharmaceutical industry will be able to contribute for their professional practice. This study identified that the distribution of free drug samples are one of the main advertising and propaganda techniques used by the pharmaceutical industry; as there is a certain pressure of the medical preceptor upon the choice of the prescription; although no direct impact of the influence of the pharmaceutical industry on the ambulatories was observed. Drug prescription is usually not rational.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 15, supl. 3 (nov. 2010), p. 3487-3496
Assunto Indústria farmacêutica
Medicamentos
Propaganda
[en] Medicines
[en] Pharmaceutical industry
[en] Propaganda
[en] Rational drug use
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/29518
Arquivos Descrição Formato
000775655.pdf (54.56Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.