Repositório Digital

A- A A+

Aditivos presentes em alimentos para o público infantil comercializados no Brasil

.

Aditivos presentes em alimentos para o público infantil comercializados no Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aditivos presentes em alimentos para o público infantil comercializados no Brasil
Autor Lorenzoni, André Soibelmann Glock
Orientador Olivera, Florencia Cladera
Co-orientador Oliveira, Fernanda Arboite de
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências e Tecnologia de Alimentos. Curso de Engenharia de Alimentos.
Assunto Aditivo alimentício
Alimentação infantil
Resumo Diversos estudos indicam a ocorrência de efeitos adversos devido ao consumo de aditivos alimentares, tanto na forma aguda como na forma crônica. As crianças estão entre os maiores consumidores de alimentos industrializados e possuem maior susceptibilidade aos efeitos adversos causados por substâncias químicas. Este trabalho foi realizado para estimar o uso de aditivos em produtos para crianças comercializados no Brasil e estabelecer uma base de dados sobre a presença de aditivos em alimentos infantis verificando quais os aditivos utilizados com maior frequência. Esta base de dados foi desenvolvida através da observação da lista de ingredientes presente no rótulo de produtos comercializados em uma grande rede de supermercados do Brasil. As informações foram coletadas do site do supermercado no período entre agosto e outubro de 2010. Entre os 5882 alimentos comercializados no site (excluídas as bebidas alcoólicas), 502 (8,53%) foram classificados como alimentos para o público infantil, sendo que destes 464 (92,4%) produtos continham informação completa dos ingredientes. Destes, 434 (93,5%) produtos continham pelo menos um aditivo em sua formulação. Os aditivos presentes com maior frequência foram a lecitina de soja (46%) e o ácido cítrico (23%). Os corantes artificiais mais utilizados foram o amaranto (6,9%), a tartrazina (6,0%) e amarelo crepúsculo (5,8%). Os dados obtidos poderão ser utilizados em estudos de estimativa de ingestão de aditivos pelas crianças brasileiras.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/56094
Arquivos Descrição Formato
000857817.pdf (116.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.