Repositório Digital

A- A A+

Saúde e educação: uma relação possível

.

Saúde e educação: uma relação possível

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Saúde e educação: uma relação possível
Autor Diniz, Airton Solla
Orientador Albuquerque, Paulo Barros de
Co-orientador Adamski, Liége
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão em Saúde UAB.
Assunto Medicina social
Saúde coletiva
Saúde pública
[en] Education and health
[en] Emancipatory practices
[en] Health
Resumo Este trabalho apresenta, em sua pesquisa, a temática da Educação em Saúde como elemento chave para a minimização de problemas na área da Saúde Pública. Tal proposta se justifica em face da relevância do tema, considerando que Educação em Saúde configura-se como balizador de práticas emancipatórias para os atores sociais e concorre para a redução da vulnerabilidade e riscos à saúde desses indivíduos. Pensar a saúde e educação em sua complexidade requer o olhar ampliado sobre os processos de adoecimento e a singularidade das possibilidades terapêuticas que não estão necessariamente no plano da medicalização, conformando dimensões sociais, culturais, espirituais e também pedagógicas. Para discorrer sobre os temas propostos, optou-se pela pesquisa bibliográfica. Para embasar o trabalho, buscou-se aporte teórico em cujas publicações estivesse contemplada a relação saúde-educação num enfoque sócio-histórico.
Abstract This paper presents, in his research, the theme of Health Education as a key to minimizing problems in the area of Public Health. This proposal is justified in view of the importance of the topic, considering that Health Education is configured as a yardstick for emancipatory practices and social actors contributes to the reduction of vulnerability and risk to the health of individuals. Think health and education in all its complexity requires the expanded vision of the disease processes and the uniqueness of the therapeutic possibilities that are not necessarily in terms of medicalization, shaping the social, cultural, spiritual and educational too. To discuss the proposed issues, we opted for literature. To support the work, we sought theoretical whose publications were included in the relationship between health-education in a socio-historical approach.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/67631
Arquivos Descrição Formato
000869829.pdf (404.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.