Repositório Digital

A- A A+

Avaliação de edificações: diagnóstico de manifestações patológicas das áreas condominais e fachada principal de prédio residencial em Porto Alegre/RS

.

Avaliação de edificações: diagnóstico de manifestações patológicas das áreas condominais e fachada principal de prédio residencial em Porto Alegre/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação de edificações: diagnóstico de manifestações patológicas das áreas condominais e fachada principal de prédio residencial em Porto Alegre/RS
Autor Marques, Guilherme Granata
Orientador Bonin, Luis Carlos
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Na atualidade há uma grande quantidade de edificações por todo o mundo apresentando diferentes tipos de manifestações patológicas, tanto na área externa, quanto na interna, sem serem diagnosticadas, de modo que prejudicam a estética e, principalmente, a funcionalidade dos elementos construtivos afetados. Neste contexto, torna-se necessária a escolha correta de um método de avaliação de construções eficiente. Dessa forma, neste trabalho foi realizada a avaliação de um prédio residencial em Porto Alegre/RS através de parte do método de Lichtenstein. Para o seu desenvolvimento, foram desconsideradas as manifestações patológicas relativas às instalações hidráulicas e elétricas, às de fundações e às provenientes de elementos estruturais da edificação. Inicialmente foi realizada uma pesquisa bibliográfica sobre as etapas de levantamento de subsídios e de diagnóstico da situação desse método e alguns tipos de manifestações patológicas mais frequentes em revestimentos. Depois foram realizadas vistorias prévias na edificação analisada, identificando os principais focos de manifestações patológicas. Em seguida foi feita a aplicação da etapa inicial desse método, que foi a de levantamento de subsídios nas áreas condominiais e fachada principal do prédio residencial por pavimento através de observações sistemáticas dos seus revestimentos internos, realizando-se vistorias locais, registrando-se as imagens dos problemas patológicos por meio de fotografias e descrevendo-os. Por fim, de posse de todos esses subsídios, aplicouse a segunda etapa do método, que foi a de diagnóstico das manifestações patológicas, definindo suas causas prováveis e mecanismos de ocorrências através da análise dos sintomas identificados na edificação. Dessa avaliação concluiu-se que a maior parte dos fenômenos patológicos foi identificada nos revestimentos argamassados de alvenaria e de teto, sendo o principal o descolamento, causado direta ou indiretamente pela água das chuvas que infiltra pela fachada lateral e pela cobertura, respectivamente. Outro revestimento que apresentou muitas manifestações patológicas, como manchamentos, fissuras e fraturas, foi o cimentício de placas de granitina nas escadas do prédio. Sugere-se a aplicação da definição de conduta do método para completar esta avaliação em um próximo trabalho.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/24130
Arquivos Descrição Formato
000741768.pdf (11.46Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.